Estratégia de Negócio > ESTRATÉGIA KEPLER WEBER

ESTRATÉGIA KEPLER WEBER

GRI 103-1, 103-2, 103-3, 201-1, 401-1, 416-1

Ao longo de seus 95 anos a Kepler Weber se consolidou como referência no setor de armazenagem de grãos. A estratégia para manter e, fortalecer ainda mais, sua liderança no agronegócio encontra respaldo em três pilares estratégicos.

  • Líder no mercado brasileiro e na América Latina oferece produtos de padrão global e serviços diferenciados. O compromisso diário é manter firme seu elevado patamar que faz com que a Kepler Weber seja a marca escolhida pelo cliente em um mercado de forte pressão concorrencial. 

    Para sustentar sua excelência comercial, investe em pesquisa e inovação com o propósito de aumentar a eficiência e a confiabilidade dos equipamentos, associado à logística com entregas mais eficientes e atendimento diferenciado. 

    Considerando o mercado interno, faz parte deste esforço, investimentos na ampliação de sua cobertura junto à nova fronteira agrícola formada pelos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. Chamada de Matopiba, esta região já é a quarta maior produtora de grãos do país. 

    A estratégia se desdobra na capilaridade e na agilidade de atendimento. A primeira é assegurada por uma gestão estratégica com representantes comerciais e vendas diretas. A segunda, decorre da capacidade de entrega da Kepler Weber que conta com quatro Centros de Distribuição de Peças, estrategicamente, localizados em Panambi, RS, Campo Grande, MS, Rio Verde, GO e Cascavel, PR.

  • Em uma era em que o capital humano é decisivo, a Kepler Weber reconhece seu time de colaboradores como seu maior ativo. A Excelência em Pessoas é o pilar que sustenta os demais porque atrai, seleciona, forma, engaja e promove o desenvolvimento dos colaboradores, para colocar sempre a pessoa certa no lugar certo.

    Na Kepler Weber, a gestão de pessoas é horizontal, pautada por valores como respeito e transparência que fundamentam uma relação de confiança e pertencimento. É deste engajamento que surge o compromisso e um forte senso de reponsabilidade pelos resultados.

    Afinal, não há excelência sem pessoas excelentes! 

    equipe de Gente e Gestão

    No ambiente fabril todo o fluxo depende da qualificação e da consciência, individual e coletiva, para produzir dentro de rigorosos padrões de eficiência e segurança. O desempenho comercial, por sua vez, depende de capital intelectual empregado aos produtos e de elevada capacidade para executar projetos. Assim, o desenvolvimento dos times é pautado por ações que visam ao fortalecimento das competências técnicas e comportamentais, além da busca constante por insumos que sustentem a inovação. 

    A Kepler Weber tem como um dos diferenciais competitivos seu time de lideranças, que é constantemente preparado e fortalecido para replicar as melhores práticas de gestão, apoiado por uma visão integral do ser humano, seu bem estar, saúde e segurança.

    A evolução dos colaboradores é acompanhada por meio de um modelo de gestão de competências e de desempenho cujo resultado é insumo substancial para a estruturação dos Planos de Desenvolvimento Individuais que darão maior sustentação aos processos de crescimento e de sucessão da companhia. Veja mais no menu Compromisso com Pessoas

     

  • A eficiência operacional sintetiza as iniciativas voltadas à qualidade da operação industrial, isto é, sua proposta de valor na criação de soluções nos dois setores de atuação. Este pilar está associado à política de gestão integrada da Kepler Weber, tendo sido uma das pioneiras na adoção do Sistema de Gestão Integrada (SGI), que gera processos mais eficientes e sustentáveis a partir da parametrização fundamentada nas certificações ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18001. A política de gestão integrada contempla os aspectos abaixo.

    • Desenvolver e fornecer soluções inovadoras para armazenagem agrícola e movimentação de granéis sólidos
    • Melhorar continuamente o sistema de gestão integrada
    • Atuar de forma ética e sustentável, satisfazendo os requisitos do negócio
    • Respeitar a legislação e outros requisitos aplicáveis
    • Proporcionar uma gestão participativa dos colaboradores e partes interessadas pertinentes, agindo preventivamente na proteção do meio ambiente e nas condições de trabalho seguras e saudáveis, de maneira a eliminar os perigos e reduzir os riscos de segurança e saúde ocupacional

    As duas plantas industriais, de Panambi (RS) e Campo Grande (MS) atuam de forma integrada dentro do planejamento, seguindo alinhamento de processos e procedimentos. Contudo, o que torna esta rede ainda mais estratégica é a gestão compartilhada das linhas de produção.

    A companhia vem trilhando a jornada Lean, promovendo maior interação entre áreas, com ganhos de agilidade e revisão contínua de processos, ponta a ponta. Entre as vantagens superiores dessa metodologia, está sua capacidade de expandir os conceitos de redução de desperdícios para todos os níveis e áreas da organização, aglutinando todos os subprocessos em um fluxo de macro de gestão.